A pílula engorda?

 

O efeito da pílula contraceptivo no peso é ainda um tema controverso. Algumas mulheres que a tomam verificam um aumento de 4 a 6 quilos. Um pouco menos se esta tiver doses mínimas de hormonas. A quantidade e a rapidez deste ganho variam de uma pessoa para outra e as tentativas para emagrecer podem ser decepcionantes. Há diversas explicações possíveis para isto.

 

Pode tratar-se de uma retenção de líquidos. Uma parte da água ingerida diariamente evapora-se, outra é eliminada pelos rins. Algumas
hormonas, incluindo as que se encontram nas pílulas, dificultam essa evacuação pelos rins. Consequentemente, o corpo retém uma maior quantidade de água, e o peso aumenta.

Também pode dever-se a um aumento das gorduras de reserva. A pílula contraceptivo contém duas hormonas: o estrogénio e a progesterona. Ambas participam na construção dos tecidos do organismo, e o seu aumento no sangue pode levar a um acréscimo das reservas de gordura. Neste caso, o ginecologista aconselha outras pílulas, com uma dosagem diferente, para anular esses efeitos nefastos no peso.

Outras explicações sem base científica alegam que a pílula é apenas um agente indirecto no aumento de peso. De acordo com uma teoria, algumas mulheres ansiosas, tranquilizadas pela pílula, comem e petiscam mais. Para ou tias teses., a pílula provoca um estado de ansiedade que exige uma compensação açucarada.