As escapadelas à dieta

Ninguém é obrigado ao impossível. No entanto, saiba que o pequeno aperitivo de ontem, as batatas fritas de hoje e o gelado de amanhã anulam os eleitos da sua magnifica disciplina organizada. Se diversificar a confecção das suas refeições, já não terá a desculpa da comida insípida para procurar prazeres legítimos nestes desvios calóricos.

Há também desvios involuntários como a ida ao restaurante, à casa de amigos ou às festas de família. A boa educação e a cortesia impedem-lhe o rigor que os seus anfitriões não compreenderiam. No dia seguinte, tem, naturalmente, de ser um pouco mais rígido e reduzir as calorias da sua dieta habitual. Pode, por exemplo, substituir o almoço ou o jantar por um suplemento alimentar. Lembre-se de que estes não devem converter-se num costume.

Não resistir à tentação e devorar tudo o que lhe está proibido numa única refeição é um problema, mas não é um drama. Não se culpabilize nem desista de tudo. A solução é diminuir durante algum tempo – dois dias, talvez três – a sua porção alimentar e continuar a beber muita água. Numa semana, terá readquirido o equilíbrio.