Aumentar o metabolismo

É verdade que o exercício físico, por si só, não emagrece. Uma caminhada lenta de 20 minutos leva a um dispêndio calórico de apenas 60 quilocalorias, enquanto um jogging com a mesma duração gasta cerca de 140 quilocalorias. E pouco, se tivermos em conta que algumas dietas propõem reduções alimentares de 1200 ou mais quilocalorias por dia. Ora seja, 8,5 horas de jogging. Mesmo se cumprisse uma maratona diária, dificilmente perderia 10 quilos.

No entanto, não é inútil cansar-se. O desporto impede que engorde ou recupere o peso perdido. Na verdade, a actividade física, sobretudo quando praticada regularmente, acelera o metabolismo, não só durante 0 exercício, mas também depois. A primeira experiência conhecida, em 1935, demonstrou que o exercício físico pode aumentar o metabolismo basal em repouso em cerca de 25 por cento durante as 15 horas seguintes; e em aproximadamente 10 por cento durante as 48 horas posteriores ao esforço. Tal significa que, durante esse período, o corpo consome mais calorias nas mesmas proporções. Assim, uma mulher de peso médio que realize um exercício de 20 minutos poder despender, além da energia queimada durante o esforço, até 500 quilocalorias.