Automassagem

Com ou sem creme de emagrecimento, aplicada com conhecimento de causa e com suavidade (há que evitar uma força excessiva), ajuda a reduzir os primeiros sinais da casca de laranja, melhora a circulação e tonifica a musculatura. Nunca utilize cremes à base de hormonas, de extrato de tiroide ou de corticoides.

Emagrecer por catálogo?
Abaixo, descrevemos alguns métodos muito publicitados nas revistas e nos institutos de beleza e analisamos a sua eficácia.

Acupuntura
Este tratamento consiste no estímulo de determinados pontos (na cabeça ou noutras partes do corpo) com agulhas. Quem pratica esta técnica defende a redução do apetite e da ansiedade. Na realidade, não há provas da sua eficácia.

Drenagem linfática
A drenagem linfática é uma massagem lenta e ritmada para estimular a circulação linfática. É suposto desinchar os tornozelos e as pernas, mas não faz perder gordura. Apenas tem efeitos sobre o aspeto da pele e a retenção de água. Sem provas de eficácia a longo prazo.

Eletroestimulação
Consiste na aplicação de elétrodos sobre a pele que difundem uma corrente eléctrica e contraem os músculos. É um exercício muscular passivo, mas não queima as gorduras. Não tem qualquer influência sobre a perda de peso.

Envolvimentos
Aplicam-se bandas (películas de plástico ou um tipo de papel vegetal) à volta do indivíduo, depois de lhe terem sido aplicados produtos como gel, argila ou outros. Os envolvimentos a frio ou crioterapia visam arrefecer o corpo. Segundo os seus defensores,
esta técnica queima as gorduras. Nos envolvimentos a quente, o indivíduo é aquecido com cobertores, induzindo a transpiração. Esta técnica atua sobre o aspeto da pele e leva à perda de água, mas não de gordura.

Ginástica passiva
Exercita-se nas mesas tonificadoras. Estas fazem movimentos e obrigam o indivíduo a praticar exercício, mas sem se esforçar. Existem mesas para trabalhar as várias partes do corpo (os abdominais, as nádegas, as pernas, entre outros). Também se pode recorrer a bicicletas estáticas, a um step ou a uma cinta vibratória, para adelgaçar certas partes do corpo. Como ginástica passiva que é opera ao nível dos músculos, mas não tem efeitos sobre a gordura.

Massagens manuais
Estas massagens, por si só, não fazem emagrecer. Atuam apenas sobre o aspeto da pele e sobre a retenção de água. Recorre-se a esta técnica para adaptar a pele à perda de peso, evitando a formação de estrias.

Massagens mecânicas
Os vibromassajadores visam queimar as calorias sem esforço, mas agem apenas ao nível do aspeto da pele, sem qualquer resultado sobre a gordura. As cintas vibratórias são uma das variantes.