E a água?

O corpo é constituído por mais de 6o por cento de água, cuja principal função é dissolver e transportar as substâncias de uma célula para outra e de um tecido para outro, num processo permanente. A água também regulariza a temperatura do corpo, através da transpiração, e elimina os resíduos, recorrendo ao sistema renal. Apesar da sua importância, algumas pessoas não bebem líquidos suficientes. Situação agravada pelo facto de, em média, perdemos entre 2 e 2,5 litros de água por dia, que é preciso repor. Os alimentos fornecem-nos 1 litro. Portanto, necessitamos de ingerir, pelo menos, outro litro. A sub-hidratação provoca obstipação, formação de cálculos renais, entre outros problemas. A água não faz emagrecer nem engordar, aliás, é a única bebida sem qualquer valor calórico. Podo ajudar a enganar a fome porque enche, momentaneamente, o estômago. Beber água  durante a refeição não faz engordar, como muitas vezes se ouve dizer. A água da torneira é mais barata e, de um modo geral, a sua qualidade é aceitável. A com gás, sem ser nociva, pode contribuir para certas perturbações digestivas, sobretudo se existe predisposição para a flatulência. Beber água, várias vezes ao dia, deve tornar-se um reflexo natural de bem-estar e equilíbrio alimentar.