O psicoterapeuta
Este especialista pode ajudar, sobretudo, as pessoas que se tornaram obesas na sequência de um trauma psicológico. O psicoterapeuta vai acompanhá-lo numa viagem pelo passado em busca das escolhas da sua Vida. Em especial daquelas que o traumatizaram, mesmo que não esteja consciente disso. Esta consciencialização pode ser uma fase difícil, porque a verdade nem sempre valoriza a nossa própria imagem, mas vale a pena procurá-la. Se encontrar a causa da sua obesidade, está pratica- mente a salvo. No entanto, este método é prolongado, dispendioso e os resultados não são garantidos.
A obesidades de origem psíquica são, sem qualquer dúvida, as mais difíceis de tratar. Existem tratamentos 100 por cento psíquicos que não recorrem a qualquer dieta. Estes baseiam-se no princípio de que é necessario atacar as causas psicológicas da disfunção. O trabalho concreto da analise transaccional pode ser feito individualmente ou em grupo. Numa perspectiva psicoterapeuta, os tratamentos cognitivo-comportamenta- listas são os que parecem ter tido melhores resultados. Esta abordagem faz-nos tomar consciência dos nossos próprios erros, mas também do facto de possuirmos todas as capacidades para nos libertarmos.