Podemos dispensar o açúcar?

Existem açúcares simples, de absorção rápida, e complexos, de absorção lenta. Pode deixar de consumir os primeiros, nomeadamente a sacarose (açúcar propriamente dito) e todos os produtos que a contêm, como os refrigerantes e outras bebidas açucaradas. O único benefício destes açúcares é satisfazerem o nosso gosto inato pelo sabor doce, pois são calorias puras. É vulgar afirmar-se que fornecem apenas calorias vazias, porque são pobres em nutrientes.

Em contrapartida, outros alimentos ricos em hidratos de carbono complexos, como os feculentos, por exemplo a batata, e os cereais integrais, contribuem com nutrientes indispensáveis (o amido, a fibra, as vitaminas, os sais minerais) e, claro, com calorias. Já referimos que pelo menos 45 por cento da ingestão diária de calorias deve provir dos hidratos de carbono, na maioria complexos. Todas as dietas equilibradas os propõem, sob a forma de leguminosas secas, frutos, pão, massas ou arroz. Nunca podemos dispensar completamente os hidratos de carbono que contêm amido.